Ica

DSC03543

Ica é uma das maiores cidade do Peru, fica a cerca de 300 km de Lima, mas lembrando que como não é lá a coisa mais fácil do mundo andar nas estradas do Peru, são cerca de 5 hrs de bus. A cidade fica ao Sul do país e tem quase 300 mil habitantes. Eu fui para lá para chegar a Huacachina e lá conheci um guia supimpa que levou eu e meu parceiro de viagem para Ica e no dia seguinte a Nasca.

DSC03544

Ica fica bem perto da cidade de Pisco, onde teria nascido a famosa bebida típica peruana (que é muito famosa no Chile, mas nasceu no Peru!). Ica também é polo de fabricação do Pisco. Lá tem várias Bodegas onde você pode degustar e conhecer o processo de fabricação e história desta bebida que eu amo!

DSC03556

O legal do passeio nas bodegas é que é grátis, claro que porque no final você sempre acaba comprando alguma bebidinha. A preços módicos de no máximo 30 suelos, você compra um pisco na fonte rsrs. E o sommelier do pisco falava até português!

DSC03558

Este foi o nosso guia, o señor Hector Calderón Aliaga, ele foi fantástico, nos levou para lugares que fugiam dos clichês, além claro de ir nos lugares clichês, por um preço super honesto, cheio de histórias divertidas e com muito respeito, simpatia e o melhor preço que eu encontrei! Ele faz região de Ica e Nasca, para maiores informações: soysonguito.50@hotmail.com Celular:( o código do Peru é 51) 956-763385

DSC03567
A foto acima é de outra bodega, mais pessoal e com decoração bem própria, sinistra e que não está nos guias de turismo rsrs. Adorei!


DSC03576

Para encontrar os lugares diferentes do senso comum, fale com os locais, ande, se perca, não tema!

DSC03585

Voltando ao turismo clássico de Ica, a praça das Brujas de Cachiche. Há uma lenda de que havia uma bruxa boa e uma má em Ica, na prça o neto da bruxa boa conta  a história em persona! Vale a visita pela lenda.
DSC03589

O coqueiro das sete cabeças é outro ponto envolto em lendas. Dizem que os terremotos e inundações que assolam Ica surigram a partir da maldição do coqueiro.

DSC03577
Recomendo Ica, achei bem interessante e bem fora do senso comum turístico, mas lógico que como todo o Peru, sempre tem turista em algum lugar rsrs. Nest stop: Nasca!

Lima!

Hola chicas queridas que tal? Acabo de voltar do Peru! Um país fascinante e cheio de aventuras e mistérios!  Foi uma viagem alucinante!  Fui para alguns lugares lá e claro para a lendária Machu Picchu! Mas, vou dividir o tema em alguns posts para não contar tudo de uma vez né? Então vou começar falando sobre a capital do Peru a cosmopolita Lima!

Lima fica no litoral, de frente para o Pacífico. Você pode pular de parapente facilmente e por um preço amigável que vai equivaler a tipo R$120,00. A moeda peruana se chama Nuevo Sol e é super difícil de encontrar fora das grandes capitais.  Minha recomendação é trocar no máximo 200 Nuevo Soles aqui e o restante lá, na rua está cheio de funcionário com coletes da prefeitura, acredite você ganhar muito mais do que se trocar aqui no Brasil, onde você vai pagar mais caro que o real por um Nuevo Sol que vale R$0,78!!! Também é recomendável levar dólares para os passeios mais turísticos como Machu Picchu por exemplo. Leve uns U$300,00 para esse tipo de coisa.

Eu no Parque do Amor, visita obrigatória! Lindo!
O Parque do Amor fica em Miraflores, região boêmia e turística onde eu recomendo ficar e onde eu mesma fiquei. Na ida fiquei no Che Lagarto de Lima, que tem uma localização realmente fantástica (a localização sempre perfeita é padrão da rede Che Lagarto). Na volta (fiquei um dia em Lima antes de voltar ao Brasil) fiquei no hostel Loki, também em Miraflores, o Loki é reconhecido pelo ambiente de permanente festa, dado principalmente pelo staff composto sempre por viajantes que resolveram ficar! Achei a localização do Che Lagarto melhor, fiz ótimos amigos por lá (descontando claro o tiozão mal-humorado que trabalhava a noite), mas o ambiente festeiro do Loki foi uma ótima despedida de Lima! Também recomendo o Maná Hostel que fica em Miraflores, fui lá tomar uns bons drinks e adorei o staff e o ambiente super aconchegante, achei ideal para ir em grupo fechado ou casal. Então resumindo, hostel em Lima:
Maná Hostel
Che Lagarto
Loki

Todos em Miraflores.

Mais uma do Parque do Amor


Exposição no Parque Kennedy. O Parque Kennedy fica no coração de Miraflores e lá tem um centro de informações bem bacana para o turista, inclusive com mapas e etc. Lá também tem uma feira que começa todos os dias as 17:00 e onde você pode comprar os melhores presentinhos a preços pexinxa. Sim, a menos que sejam cartões postais, todo o resto vale comprar na feirinha do Parque Kennedy. Eu amei uma blusa em Águas Calientes e comprei, paguei na pexinxa 50, nuevos sol, e a mesma blusa estava 35 na feirinha do Kennedy 🙁 os famoso gorrinhos podem ser levados a 2 por 15! Ah e sempre pexinxe, sempre você ganhará algum descontinho 🙂


O Centro Histórico de Lima tem igrejas lindas! Recomendo passear pelo Centro Histórico no ínicio da noite, tipo as 18:00, é lindo e você vê muitos jovens andando de skate e patins e pode sentar em um barzinho, jantar e tomar um bom Pisco ou uma boa Cusqueña, a cerveja tradicional peruana!

Plaza Mayor ou Plaza de Armas é ponto obrigatório de visita. A cidade nasceu a partir deste ponto.


Eu no S, esse S significa Sismo, terremoto minha amiga! E significa que no momento de tremor você pode correr para onde há o S que estará mais segura, há círculos nas ruas e paredes com o símbolo que seriam os lugares mais seguros dentro de ambientes fechados. O Peru sofre bastante com terremotos e é algo que infelizmente pode ocorrer.


Escultura de chocolate no Museu do Chocolate de Lima, fica em Miraflores, você tem um apanhado da produção e história do chocolate, se quiser pode fazer cursos e os atendentes são hiper simpáticos e falam português, recomendo sentar lá e tomar o melhor chocolate quente da vida. Sim! Melhor até do que o fabuloso Angelina de Paris! Eu pedi um que chamada Submarino. Só o preço que não é muito doce mas vale a pena, mesmo! Chocolates no Peru são tudo de bom!

A noite de Lima rola mesmo é de sexta e sábado, mas isso não me impediu de ir em bares em Miraflores, onde nos outros dias só tem turistas e finalmente adentrar um Cassino! Eles são legalizados no Peru e foi muito divertido entrar em um Cassino as 5:30 da manhã rsrsr. Me senti em Las Vegas, mesmo sem ter ido rsrs!

Confesso que queria ter feito muito mais coisas em Lima, mas como fiquei lá na verdade apenas dois dias e três noites e foi sempre na partida e chegada, não pude conhecer mais, sei que faltou o Parque das Águas e vários museus,  mas vivi intensamente cada segundo lá e isso é o que importa. No que se refere a compras, lá tem a rede de lojas Falabella, que eu ameiiii no Chile, mas como estava fazendo mochilão e fui bastante econômica nem adentrei a Falabella para não passar vontade! Mas para quem vai com a intenção de investir em coisas boas e fashion, a Falabella é tipo sensacional, tem produtos ótimos que tem cara de exclusivo mesmo não sendo hehehe e por preços dignos, pelo menos no Chile, não creio que deva ser diferente no Peru, fica a dica!

Viva Lima! Bjo, bjo!