Laranjais

O post de hoje é um ótima dica de lazer para o fim de semana!

O Thermas dos Laranjais, é um parque aquático termal, que fica localizado em Olímpia, interior de São Paulo,  aproximadamente 30 min do aeroporto de São José do Rio Preto.

Jpeg

É um dos principais complexos turísticos da América Latina e do Brasil, e o único em São Paulo.

DSC04060

Em 2014 foi considerado o parque aquático mais visitado da América Latina e o 4º mais visitado do mundo, tendo só no ano de 2014 a visita de 1,939 milhões de turistas Com mais de 260 mil metros quadrados, o Thermas dos Laranjais tem capacidade de receber cerca de 15 mil visitantes/dia.

DSC04061

O parque aquático conta com mais de 50 atrações: pista de surfe, piscina de ressurgência, com água salgada (única do mundo), piscinas de sonolências (com águas quentes) , rio lento de corredeira, parque infantil e complexos de toboáguas:

DSC04087

Dentro do parque aquático o turista tem ainda: 02 praias, áreas de lazer e turismo com lojas, restaurantes e bares, nos quais você fica também dentro da água:

olimpia

As águas quentes do parque são naturais, e  foram descobertas no final da década de 1950 quando um grupo de americanos perfurou o solo da cidade em busca de petróleo, as águas vem do Aquífero Guarani, um dos maiores mananciais de água doce do mundo, de uma profundidade de 980 metros, a temperatura varia de 26 graus no verão a 37 graus no inverno e tem propriedades medicinais, no tratamento de reumatismos, úlceras, cálculos renais, hipertensão arterial, eczemas e stress, é extremamente relaxante:

DSC04035

E muito divertido, já que a adrenalina também rola solta:

DSC04093

É um passeio pra família toda!

DSC04005

Se você puder aproveitar a baixa temporada no inverno, é uma ótima opção já que o clima na região é ameno durante todo o ano e chove muito pouco, se possível visitar durante a semana melhor ainda, o parque fica bem vazio. Mais informações no site: http://www.termas.com.br/

Salsa

Salsa é uma mescla de ritmos afro-americanos, tais como o mambo, Cha-cha-chá, e a rumba.

salsa

A Salsa surgiu depois que a banda La Sonora Matancera saiu de Cuba, durante a revolução cubana e se instalou no México, foram eles que criaram o nome Salsa, Sonora Matancera é considerado como The Beatles Latinos.

images

Recebeu ainda influências do merengue (da República Dominicana), do Calipso de Trinidad e Tobago, da cumbia colombiana, do rock norte-americano e do reggae jamaicano. Hoje, é uma mistura de sons e absorve influências de ritmos mais modernos como rap ou techno. A dança é caracterizada pelo compasso quaternário.
Salsa, em castelhano, significa “tempero” e a adoção do nome quis transmitir a ideia de uma música com “sabor”.

salsa1

Recentemente eu e a Patricia tivemos uma aula de Salsa:

1010991_588140777933744_1020056365_n

Seguindo os passos com atenção:

1622127_588141194600369_684930159_n

Para frente e para trás, de um lado e do outro:

155471_588140794600409_1086215751_n

Depois da aula teve show com a banda “Orquestra Lyra Latina”:

1796679_588143297933492_274080980_n

Inspirada na fase clássica da Salsa, o grupo tem o repertório baseado em nomes importantes do estilo como Ruben Blades, Oscar D’Leon, Ray Barreto e Eddie Palmieri.

1560774_588142794600209_411149656_n

O saxofonista Sérgio Lyra, formado em harmonia/jazz na Bill Evans Piano Academy, em Paris, é quem encabeça o projeto.

 1555363_588143314600157_1099110358_n

No palco, a orquestra traz instrumentos como trombone, conga, timbale, bongo, campana, contrabaixo e saxofone e promove mistura do jazz com a percussão cubana em músicas autorais.

1506063_588142471266908_1721103777_n

Dançamos muito!

 1620883_588143417933480_429278304_n

Até…

 

Nadando no vulcão em Santorini

Fim de semana chegou, e nada melhor do que uma viagem incrível para inspirar esses momentos de descanso.

Uma das paradas que fiz nas férias deste ano foi em Santorini, um arquipélago vulcânico, localizado no extremo sul do grupo das ilhas gregas de Cíclades, no Mar Egeu, a cerca de 200 km a sudeste da cidade de Atenas.

DSC05615

Para conhecer a ilha onde se localiza o comércio, é possível subir por estrada (estreita e cheia de curvas) ou nessa espécie de bondinho. Ambos são bem assustadores! Vale a aventura!

DSC05660

É possível pegar um barco e navegar ao longo das ilhas com formações vulcânicas, nas praias onde as rochas de lava negra são combinadas com a cor vermelha da lava.

DSC05623

DSC05624

Inicialmente fiz uma caminhada até o topo da ilha vulcânica, onde o enxofre é cuspido no ar pelas crateras (senti nas minhas mãos o quentinho).

DSC05648

DSC05651

DSC05635

DSC05614

DSC05620

Pelo passeio são vistas simpáticas composições de pedras vulcânicas formando espécies de castelinhos. São contribuições dos turistas que passam por ali, você pode deixar a sua:

DSC05646

No fim do passeio é possível nadar nas águas aquecidas pelo vulcão.

Este dia estava frio, a água próxima ao barco estava gelada, mas nadando para perto da ilha foi possível sentir a água quente.

DSC05612

DSC05654

Nadar “no vulcão” é uma experiência única!

Bom fim de semana!

Zoológico

Hoje vou dar uma dica de lazer, num domingo recente estive (com o namorado) no Zoológico da minha cidade (Bauru), que fica na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, Km 323, telefone (14) 3235-1185.

O zoológico é um passeio bem democrático, costuma ser barato e acessível, e costuma ter bastante criança, como esse menino simpático que quis sair sorrindo na foto comigo…

O Zoo é um lugar onde sempre aprendemos alguma coisa, e não é que agente também vira criança:

Faz lambança

Faz careta imitando os bichos

Quando eu era pequena sempre minha mãe sempre me levava no Zoológico de São Paulo.

E quando era adolescente era garantido ir nas férias ao Zoo com as amigas!

O Zoológico Bauru tem muitos animais, como o camelo:

a cobra:

o mico:

a ema:

a tartaruga:

O zoológico de Bauru abriga mais de 500 animais de 250 espécies.

Esse dia estava muito calor e de tarde tava um clima gostoso de preguicinha (me lembrou esse animal fofinho):

tanto que o tigre e os leões só queriam dormir:

tão Nala e Simba…

O jeito mesmo foi fechar o passeio com um clássico pic nic na sombra

Porque zoológico combina com cesta, toalha xadrez, e tem sabor de groselha e biscoito wafer hum… Delícia!

Até a próxima!