Confeitaria Colombo

Fim de semana chegando e  a gente se permite degustar uma guloseima…

Jpeg

Recentemente estive no Rio de Janeiro, e um dos poucos planos para a viagem era dar uma passada na clássica e histórica Confeitaria Colombo. Já havia lido sobre os quitutes serem deliciosos, a arquitetura e a decoração incríveis.

Jpeg

Fundada em 1894 é hoje patrimônio cultural e histórico da cidade maravilhosa.

Jpeg

A confeitaria é da época da Belle Époque nacional, uma época de ouro, beleza, inovação, e paz entre os países, com inspiração em Paris. O salão principal tem pé direito alto, paredes espelhadas e uma enorme claraboia, espelhos belgas, bancadas de mármore italiano e vitrines em jacarandá.

A casa que se situa no Centro da cidade já recebeu  Machado de Assis, Olavo Bilac, Lima Barreto, Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek, Chiquinha Gonzaga, o rei Alberto da Bélgica, a rainha Elizabeth da Inglaterra, e eu.

Jpeg

O cardápio de fabricação própria contém com refeições, salgados, chá da tarde e doces, os valores são salgadinhos mas não chegam a ser surreais, eu consumi essas saborosas tortinhas a 9 Reais cada.

Jpeg

A Confeitaria Colombo vale pela experiência que proporciona.  Só lamento que estive lá num dia de feriado, e quando cheguei já estava fechando. Na ocasião o piso superior estava em obras e não pude subir, o atendimento foi ruim e estava muito corre corre para conseguir adquirir uma iguaria, mas sem dúvida valeu a pena!


Jpeg

Atenção, a confeitaria abre de  segunda a sexta das 9 às 19h30 e aos sábados sábado das 9 às 17h, fica na rua Gonçalves Dias, 32 – Centro, Rio de Janeiro – RJ.