Comprinhas no Chile

Obviamente que comprei muchas cositas em Chile, e tirando milhares de lembrancinhas e coisas relacionadas a vinho e ao próprio vinho, comprei regalitos para mi también:

Amei esse colar que achei numa feira hippie temporária em Santiago. Lindo!

Comprei esse anel de miçanga em Valparaíso.

Pulseira também comprada em Valparaíso na feira perto do Museo Maritimo, lá eles aceitam dólar, peso argentino e reais!!!

Bota linda, confortável e super alta, muito estilosa, amei! Ps: no Chile achei serviços e comidas em geral muito caros, já sapatos e roupas são muito, mas muito mais barato que no Brasil, inclusive marcas brasileiras como Melissa, Bottero, Via Uno e Ellus, com preço em média cerca de 50% mais barato do que no Brasil em reias, e isso minhas queridas nas lojas das marcas!

Calça jeans Ellus, coleção 2013, muito, eu digo muito mais barato que no Brasil e comprei num shopping muito luxuoso em Santiago. Vergonha dos nossos impostos, e quer saber é por isso que eu não pago caro nas coisas no Brasil, não compro mesmo, porque é muita palhaçada.

Sempre compro alguma revista do lugar que estou, para compreender melhor o lifestyle, acabei comprando a Glamour Latina, que na verdade é para vários países distintos, gostei bastante, achei o conteúdo mais sóbrio do que a versão brasileira.

 

Confesso que amo lingerie, e obviamente comprei algumas por Valparaíso, adorei!!!

Esses brincos viraram meu xodó, super fofos, comprei em Santiago numa feira hippie.


Pulseira da feira hippie também!


Me apaixonei por essa marca: Amphora, bolsa lindas, diferentes e de alta qualidade.


Perfume chileno, bem aveludado e suave, super agradável e com um ar bem sofisticado.

É isso, queria ter comprado mais coisas, mas confesso que o bolso não foi tão cheio quanto eu queria rsrsr. Besos

Comidas e Bebidas Chilenas

Para começar o chocolate quente mais fabuloso que tomei na vida (e olha que tomei no Angelina). Tinha Nutella, muitaaaa, uma delícia, Valle Nevado.


Se for pedir chá, saiba que um é suficiente para duas pessoas, fica a dica!

Pizza com milhinhos, super saudável!

Agora esta pizza com cogumelo, meu Deus, fantástica! Quem disse que eu não tenho sabor na vida só porque sou vegetariana?


Minha combinação invernal chilena preferida: capuccino e mendocino, gente esse doce é tipo uma bolacha com massa levíssima e como tudo que é doce no Chile, com doce de leite, é fantástico!!!! Ps: é tipo alfajor!


Genteeee, eu comi abacate em tudo, eles põe abacate em tudo!!! Atenção no Chile abacate é palta, fica a dica para não ter overdose! Na boa ainda não aguento nem ouvir a palavra rsrs e olha que eu amava vitamina de abacate!

Tomando Paulaner em Valparaíso rsrs, sin comentarios!

Docinho gostosinho e crocante, cujo nome não me recuerdo 🙁

Empanadas e saladas, uma combinação que eu amei!


Eu e o Gato rsrsrs, os vinhos chilenos são os terceiros mais exportados do mundo! Até o vinho mais barato aqui é fantástico!

Como eu disse, tudo no Chile tem doce de leite, que eles hablam “manjar” até no Mc Donalds você vai encontrar! ps: de doce de leite eu não enjoei!

Hora alcóolica, rsrsr, apesar de todo mundo falar da Torabayo, eu preferi a Austral de longe, suave e levemente adocicada. Lembrando que a cerveja mais popular do Chile, é  a Escudo!

Refrigerantes típicos, o Ken tem gosto de uma Sprite mais doce, já o Crush é uma Fanta muito mais gostosa.

Melhor refeição que tive no Chile, no restaurante Puerto Lindo em Valparaíso. Empanadas, saladas, muitos temperos, e minha amiga Lici comeu o que segundo ela foi o melhor prato da vida: azeviche (é com vários peixes e queijo) eu não como carne nenhuma então ficarei devendo a crítica.

As meninas apavorando no lanche, com abacate rsrsr!

Amei os temperos deles, não é tão apimentado como comida mexicana, aliás muito pelo contrário, e mesmo assim muito temperado!

E para terminar meus snacks preferidos de lá: viciei no refir de tuti-fruti Bliz que é o mais barato da parada rsrs e nas Ramitas, que são slagainho de queijo amanteigado, super suja os dedos, mas é uma delícia!!!!  Besos

Valle Nevado

Y volvemos com más posts de Chile, que rico! Entonces… Valle Nevado, e na verdade outros picos de ski e neve!

Eu e a carioca Marcinha todas crianças brincando com neve rsrsr, foi a primeira vez que relei na bendita!


Luxo é pouco no Valle Nevado Ski Resort, me senti no programa do Amaury Júnior rsrsrs.


Pegamos uma outr que te busca no local e te leva para passear o dia todo, sai as 9:00 e volta tipo as 17:00, custa cerca de 23.000 pesos por pessoa, o motorista e a guia foram super simpáticos e super falavam português e eu até ganhei um cachecol durante um sorteio uahuahau, o nome da tour é Santiago Visión.


Para quem nunca relou, a neve tem textura de gelo de freezer!

As correntes são necessárias para encarar as montanhas geladas, e preparem-se, são muitas curvas e tem gente que passa mal.

Já aviso que na subida da montanha, os carabineros (policiais) podem revistar o carro e também se paga um pedágio. Se você não tem equipamento, pode alugar no caminho, a bota sai por 7.000 pesos (só aluguei a bota).

Todos os experientes indicam Farellones para esquiar porque é mais barato do que o Valle Nevado e igualmente lindo.

Nessa época (a alta temporada que vai de 10 de julho a 15 de agosto) segundo a guia turística que acompanhou a gente, 90 por cento dos turistas são brasileiros e depois argentinos, então se prepare para ouvir muito português rsrs, tocava até Rita Lee nos restaurantes rsrs.



Fica a dica de levar sua água e um lanchinho, porque subindo as montanhas não se come nada por menos de 8000 pesos (quase trinta reais). Sério tudo fica muito caro, ainda mais porque você está isolada do resto da humanidade rsrs. E para quem quiser  fazer ski vai gastar no minímo o equivalente a R$ 500,00 em um dia para alugar o equipamento e subir no pico.

Glamour nevado! Besos helados!

Valparaíso

Valparaíso é uma cidade de quase 300 mil habitantes no litoral central chileno.  Uma cidade chave para a independência do Chile e um patrimônio cultural da Unesco. Linda e adorável como quase todos os lugares que andei pelo Chile, e bota andar nisso, jajaja!


Plaza Sotomayor, aqui rola uma tremenda confusão no trânsito, os carros, ônibus e etc super andam pela praça, depois de andar muito por lá identifiquei faixas amarelas no chão, mas pohan Valparaíso, quase me muero muchas veces jajajaja!


El puerto. Valparaíso é uma cidade portuária, importantíssima, e isso é nítido, aqui você vai ver muitos marinheiros, bares para marinheiros,e enfim uma verdadeira vida dedicada ao porto, e é na area do porto que você terá que tomar mais cuidados com seus pertences, comigo não ocorreu nada, mas tipo a cada 10 minutos algum chileno me avisava para esconder câmera, e etc, mas para quem é brasileira, cidade mais calma que Birigui.

La casa de Neruda. Uma das casas do poeta que é o mais orgulho chileno. A casa é lindinha, toda decorada por ele mesmo, o precinho para entrar é que é bem salgado $3.500,00 pesos, quase vinte reais! Mas vale a pena!


Museo Maritimo. Um museu muito, mas muito bacana mesmo, no quesito bélico, o melhor museu que visitei na vida. Preferi este do que o Musée de L´Arme de Paris, mesmo, principalmente porque é mais dinâmico e bastante explicativo.

Arte em cada esquina. Valparaíso é uma obra de arte a céu aberto, só não vá andar de salto pela rua, porque querida, você não irá aguentar, sério!!!


Biblioteca Municipal. Lugar aconchegante e com arte moderna, vale a visita.


Escadas todo o tempo, andar por Valparaíso é literalmente uma aventura.


Patriotismo, na cidade chave da independência chilena, até na feirinha de artesanato.


Perto do Hostal Casa Valparaíso, que foi onde eu fiquei. Inicialmente eu iria ficar na Casa Fisher, mas estava em reforma, os dias na Casa Valparaíso foram muito divertidos, o dono do lugar Jorge vira tipo seu melhor amigo, dá super dicas e adora nosso país.

Lugar para beber em Valparaíso: bar Canário, vale cada gota lutada de Escudo, porque é lotado de chilenos e gringos e com música ao vivo e entrada franca.

Chile!

 Hola chicas, que tal? Eu estava um poquito desaparecida porque acabo de chegar de Chile! Amei muito, muito, muchisímo e obviamente vou postar minha impressões, comprinhas e dicas de lá!

Vou começar por um apanhado histórico sobre Santiago, e por aí vai! Entonces a ver:

Palacio La Moneda, palácio do governo e de alguns ministros, foi o primeiro ponto histórico que conheci em Santiago.

Cerro Santa Lucia, lindo, cheio de jardins, estátuas e até com uma fonte dos desejos, prepare o folêgo porque a subida é intensa, mas vale a pena pela vista fantástica da cidade de Santiago.


Teatro Municipal, lindo e localizado no coração de Santiago, mas não dá para conhecer muita coisa se não for em horário de peça.


Museo Historico Nacional, aqui tem um apanhado geral da história do Chile e os famosos óculos quebrados de Allende, deu muito arrepio só de ver! Fica na Plaza de Armas, muito célebre por ser de onde começou a cidade de Santiago.

Mapuche é o nome da nação indígena predominante no Chile.


Providencia – Area Nobre com praças, parques e centros de convivência. Aliás Santiago tem centenas de parques e as pessoas realmente aproveitam as areas públicas, é muito legal mesmo!


Concha y Toro. A famosa vinícula que deu ao mundo o Casillero del Diablo, é super bacana, recomendo pegar o metrô e de lá um taxi, sai mais barato do que pagar pelas tours super carésimas que são oferecidas aos brasucas.


Muitos amigos e risadas no Hi Hostel. Fiquei no Hostelling International de Santiago, que fica na Cienfuegos, 151, super recomendo, aconchegante e com o melhor staff ever, eles sabem de tudo e te ajudam no que for possível, só o café da manhã que é meio fraquinho, mas compensa pela localização fantástica e pela estrutura do hostel.

Nos próximos posts vai ter neve, outras cidades, comidinhas e compras!

Besos !