Quando mudamos

10922623_670227113086307_2835229527657633402_n

Esse ano cada dia eu quero fazer algo melhor, dar um passinho que seja em direção aos meus sonhos, e espero de coração não desistir e ser feliz cada dia! O ano começou de maneira fantástica: no ano passado á medida em que eu obtinha algum tipo de reconhecimento externo do meu trabalho, me sentia sabotada proximamente, muita negatividade, fiquei deprimida, quis me matar, perdi auto-estima e vontade de mudar, mas, as coisas mudam… e em uma atitude altamente automática: um convite para viajar de um semi-desconhecido e meu pronto: claro, por que não?! Me encontrei novamente com a mulher que eu era e que tinha deixado morrer: cheia de esperanças, sonhos, inspirações, coragem… sem se importar com o que outros pensam sobre mim, com um foda-se ligado do tamanho do mundo!

Percebi o quanto perdi boas oportunidades e deixei pessoas incríveis passarem, por mero medo, medo de tentar o novo, medo de correr riscos, medo de abandonar um emprego em um lugar terrível, porém estável… quero que esse medo vá para o beleléu, não há mais medos, há apenas o instinto, aquela certeza da primeira impressão, aquela certeza absoluta que você simplesmente sabe.

Eu simplesmente sei que agora tudo será diferente, que não há mais volta, eu sei que o pior passou, e que o futuro é lindo e se passa a partir de agora.

1525778_1594099570819931_5439800088198361652_n

Não tema, arrisque-se! Ame! Siga aquele primeiro instinto, do sim ou não, sabes? Do tipo quando sem nem conhecer um cara você já sabe que vai mudar tudo? Ou do tipo onde tudo parece certo e você no intimo sabe que não é isso… bem, o nosso primeiro instinto sempre está certo. E agora eu não tenho mais dúvidas, sei que apenas é… e será!

Acabo de chegar de uma viagem incrível, que foi maravilhosa pelo encontro de pessoas maravilhosas, e que, claro vai render alguns posts, mas mais do que isso, me devolveu os sonhos e a alegria de viver.

Deixo como guia para 2015 uma música colombiana que ouvi num luau na melhor companhia do mundo, no fantástico refúgio hippie que é Palomino:

“A única forma de viver com você
Nesse caminho que ninguém sabe
E que ao voltar não suba
Para ver a luz das nuvens
Que se não voltar se subirá
Para ver a luz da imensidão
Vou te fazer uma casa no ar
Pra que ninguém possa te incomodar
Se te pergunta como se pode dizer para subir
Se alguns se perdem
Para ir ao céu sei que não já caminho
Só você e eu vamos às nuvens”

Nesse 2015 começo fazendo muitos pensamentos positivos, praticando a lei da atração e da gratidão… sobre a gratidão… em setembro comecei a prática, foram 3 meses até ter a semana mais feliz da minha vida em anos! Vou continuar praticando… espero que cada vez seja mais rápido o efeito rsrs! 2015 já é especial!  Não deixe os outros te afastarem de si mesma! Viva! Sorria! Sê feliz! Busque e encontre!

Bullying e auto-estima

Foco, auto-estima e busca por si mesmo, objetivos que todos deveríamos seguir, agora pense buscar isso num período turbulento da sua vida e sofrer bullying daqueles que teoricamente deveriam ser seus amigos. Amigo não é aquele que te zoa  naquilo que ele considera inferior, amigo é aquele que te bota para cima quando sabe que você está precisando e você não precisa sequer falar.   Há pessoas que por fraqueza, inveja e até mesmo machismo (caras que sabem que vocês jamais irá pegá-los ou ainda que temem o fato de uma mulher ser mais competente que eles).

O fato é: não diga as coisas por dizer, o verbo sempre tem um poder, não o desperdice, viver a vida de maneira espontânea  e aberta, tem seu preço. A única verdade é o segredo, guarde para si e para aqueles que confia   Este é um post desabafo de alguém que já tem bastante experiência de vida e encontra-se numa fase de medo, dos vinte e muitos anos. Demorei para aprender algumas lições, e principalmente algumas coisas. Há pessoas e pessoas e hoje eu aprendi em quem confiar, para mim estas pessoas tem nome, mas existe um perfil: gente que não tem porque competir com você. Agora competir é um termo muito relativo, pode ser usado para ciúmes, inveja e etc. As vezes o nada que temos é o tudo que alguém quer ter, e isso que deveria gerar empatia, gera inveja, maldade. Nossa sociedade é doente porque a humanidade é doente, mesquinha. Me sinto despertando de uma longa convalescência, querendo chutar o balde total e espero conseguir e ter sucesso nesta singela encarnação: novos rumos profissionais, estudos, viagens e boas risadas, i´m going!

Para aumentar a auto-estima há algumas dicas que peguei no portal Terra:

Para elevar a auto-estima é preciso:

– autoconhecimento

– manter-se em forma física (gostar da imagem refletida no espelho)

– identificar as qualidades e não só os defeitos

– aprender com a experiência passada

– tratar-se com amor e carinho

– ouvir a intuição (o que aumenta a autoconfiança)

– manter diálogo interno

– acreditar que merece ser amado(a) e é especial

– fazer todo dia algo que o deixe feliz. Pode ser coisas simples como dançar, ler, descansar, ouvir música, caminhar.

Resultados da auto-estima elevada

– mais à vontade em oferecer e receber elogios, expressões de afeto

– sentimentos de ansiedade e insegurança diminuem

– harmonia entre o que sente e o que diz

– necessidade de aprovação diminui

– maior flexibilidade aos fatos

– autoconfiança elevada

– amor-próprio aumenta

– satisfação pessoal

– maior desempenho profissional

– relações saudáveis

– paz interior

 

 

Desculpem o texto filosófico, desabafo, mas é que atualmente tudo é dor e toda dor vem do desejo de não sentirmos dor, como diria Renato Russo!