Fatos que comprovam que relembrar de momentos importantes ajudam a ser feliz!

Olá, querid@s,

Encontrei uma reportagem no site da BBC de Londres sobre felicidade e pequenos atos que permitem que sejamos mais felizes… Reativar memórias e lembranças boas é uma delas =) e tem tudo a ver com o meu livro “Para não esquecer das Lembranças” (Isabella Rocha – Editora Giostri).

sonhos

Confira alguns pontos da matéria que têm relação com lembranças e adquira seu livro!
Estou vendendo pela internet, por R$36,00 com frete grátis para todo o Brasil, envio com dedicatória, autógrafo e marca página exclusivo do livro. Peça pelo email: isabellabvr@gmail.com

capa

—————-

As pessoas que mantêm diários sabem há muito tempo que traduzir seus sentimentos em palavras pode ajudar a acalmar suas emoções e colocá-las em perspectiva, mas foi só recentemente que os cientistas perceberam a força que essa ação tão simples pode ter.
Em suma: passar 15 minutos por dia escrevendo um diário pode reduzir os sintomas de depressão e ansiedade, reforçar o sistema imunológico e melhorar seu desempenho no trabalho.
Os benefícios podem durar meses. É muito mais efetivo do que deixar suas frustrações se acumularem. Além disso, manifestar sua raiva de forma agressiva somente te deixa mais bravo.

—————-

Pesquisas sugerem que o simples ato de olhar fotografias antigas é uma boa maneira de ter em mente as coisas que fazem a vida valer a pena – família, amigos, trabalhos voluntários ou uma importante conquista profissional.

Remexer nas memórias ajuda a nos conectarmos com o passado e a situar acontecimentos recentes em uma perspectiva mais ampla. Isso, por sua vez, alivia o sofrimento causado por decepções e ansiedades mais recentes.
Fonte: Journal of Contextual Behavioral Science

—————-

Seja a visão de um céu estrelado ou uma ida a um culto religioso, a sensação de se deslumbrar com algo maior do que nós mesmos amplia a mente. Pesquisadores descobriram que isso torna as pessoas mais felizes, mais altruístas, menos impacientes e menos ansiosas.
Até mesmo passar alguns minutos escrevendo sobre uma experiência inspiradora pode ajudar.
Fonte: Psychological Science
—————-

Psicólogos já demonstraram que sentimentos, como o da culpa, geralmente acabam provocando efeitos negativos: além de causar ansiedade e infelicidade, a sensação de falta de esperança nos torna mais propensos a cair em tentações no futuro.
Por isso, passar alguns minutos tentando deliberadamente cultivar bons sentimentos em relação a si mesmo é algo que gera mais ânimo e mais força de vontade.
Fonte: Personality and Social Psychology Bulletin
—————-

Coisas que já nos deram prazer podem rapidamente perder sua intensidade com o passar do tempo, levando ao que se convencionou chamar de “esteira hedonista” ou a eterna busca pela satisfação.
É possível redescobrir aquele deleite inicial simplesmente abandonando alguma dessas fontes de prazer por uma semana – uma guloseima favorita, a televisão ou os drinques de fim de tarde.
Depois de sete dias, você vai ver que conseguiu dar um “reset” na esteira, sentindo uma nova onda prazer. Essa prática também nos ajuda a procurar outras fontes de entretenimento e deleite.
Mas se a ideia de se abster de algo durante uma semana parece difícil demais, tente envolver toda a sua mente e sua atenção à sua atividade favorita. Por exemplo, ao tomar um cafezinho, concentre-se na complexa sinfonia de sabores que banha suas papilas gustativas.
Esse tipo de conscientização comprovadamente colabora com a apreciação dos pequenos prazeres da vida, o que melhora o estresse e a ansiedade.
Fonte: Social Psychological and Personality Science

Fonte: Um guia para a busca da felicidade em 7 dias (David Robson -Da BBC Earth – 18 janeiro 2016)
http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/01/160116_vert_fut_sete_dias_felicidade_ml

Beijos!

E não esqueçam de suas lembranças!

Siga-nos no Insta:

@paranaoesquecerdaslembrancas

Facebook

www.facebook.com/paranaoesquecerdaslembrancas

alguém