Meu mês de redhead ou ruiva se preferir

patiruiva

Ok, que a foto acima não condiz muito com o imaginário ruivo, mas é a última foto que tirei com esse cabelo.

IMG_20160116_111822[1]
Pintei com a Tin Cobre 4.7 da Cor e Tom. Na verdade quem pintou foi a minha cunhada Renata (obrigada Re!).

IMG_20160116_131747[1]

Primeira hora ficou assim: diva redhead. Eu precisava mudar o cabelo, para sentir que mudava a vida mesmo rsrs.

IMG_20160116_131808[1]
El cabelon.

A verdade é que após quatro semanas ficou assim:
patiruiva
Meio castanho, meio avermelhado. Não descolori, taquei a tinta no cabelo virjão mesmo e como uso shampoo anti-resíduos, acho que contribuiu para acelerar o processo de saída da tinta.

No geral, me levantou nas primeiras semanas. Me senti para cima mesmo, acho que toda mudnaça é bem vinda. No entanto agora já irei me despedir porque acho que fico melhor de Mortícia Adams mesmo, a quem pretendo voltar a imitar a imagem na semana que vem!

Ano Novo de novo!

mensagens-de-ano-novo

E lá se foi 2015, ano longo, pesado, de muitas mortes (r.i.p. Lemmy), crises, dores. Lógico que para alguém deve ter sido bom. Para mim foi o ano do descarrego: o ano de dar adeus para um ex folgado que insistia em mandar mensagens longas, chatas e que tentavam me por para baixo, de dar adeus para aquelas falsianes que se fingem de amigas, mas, querem mesmo é te sabotar ou fingir que é melhor, adeus a casa da minha mãe onde passei a infância e adolescência, para dar oi para um nova casa, mais iluminada e espaçosa. Não consegui dar adeus a duas coisas que queria muito se fossem logo, mas aos poucos entendo que tudo tem seu tempo. Consegui parar de fumar, mesmo! E isso é maravilhoso! Também voltei a tocar guitarra. Dei embora cerca de 80 peças de roupa. Caixas de objetos que não serviam mais e etc, tudo para que o novo venha e seja bem vindo.

download
A maior lição e mais dolorida de 2015, para mim, sagitariana que sou, foi aceitar que as pessoas não mudam se elas não quiserem mudar, e tem coisas e situações que por mais que nós nos esforcemos não adianta. Não adianta dar murro na ponta de faca. O mais saudável é não se demorar, não perder tempo onde não vale a pena, querer marcar presença, onde não fazem questão da sua. Valorize-se, ame-se, seja inteira, seja você, mas seja legal também rsrs!
Claro que você tem que se mexer, fazer sua parte, mas não fique obcecada nunca por uma pessoa ou uma coisa. Dê tudo de si e deixe fluir.
Aprendi também o mágico poder do não para outro e sim para si, do block no whataspp, do unfollow no Facebook. Tá estou parecendo meio chata, mas, as vezes é melhor se chata com os outros do que consigo mesma. Fique na sua vida com as pessoas que vale a pena, aquelas que te agregam, que te fazem sorrir, que te aconselham, que são verdadeiras com você. Não precisa ser amiga dos seus colegas de trabalho, seja profissional. Engoli muito sapo em 2015 e cuspi a maior parte deles. Aprendi com erros grotescos, alguns que cometi por puro desespero e carência, e aí aprendi que para não entrar nesse desespero é preciso se fortalecer, as vezes até se isolar. Não se abater, não se comparar. Não se compare. Nunca! Isso gera ansiedade e sofrimento desnecessários. Viva a sua vida com a perspectiva da única pessoa que importa: você! Não estou dizendo para ser egoísta, mas sim para se ouvir mais. No afã de ser altruísta me deixei para trás, mas, se quiser mudar o mundo, eu vou precisar mudar o meu mundinho primeiro. E é isso o que eu mais quero para 2016. Meu único desejo.

Esse foi um post desabafo, desengasgo de um ano tenso, mas que creio que plantei sementes que devem florescer sadias e felizes. Espero 2016 leve, esperançoso, com mais risadas e menos lágrimas, menos quilos e mais beijos! Feliz Ano Novo, cheio de ótimas oportunidades e muito amor!

3c6a6f52a366bb17056781a1b497586d

Estilo festival Metal Land

IMG_20151103_181924

Hey meninas, tudo bom? Quem é vivo sempre aparece hehehe, então resolvi postar só com um mês de atraso, meus looks para o festival Metal Land, que rolou em Altinópolis no mês passado:

IMG_20151106_104536No primeiro dia fui de meia arrastão com coturno, short jeans e uma blusinha de renda com sutiã de alças largas de renda por baixo. A bolsa impermeável porque teria chuva e grande para carregar mil coisas rsrs. Priorizei o short por ser um festival e o conforto é a melhor pedida. Deu para pular bastante. Prendi o cabelo nesse dia.

IMG_20151104_225552

No segundo dia usei um visual bem gótico. Com corpete e short preto, essa meia com flores e o coturno do primeiro dia.

12195759_10208306415163800_4389403131437242165_n
Aqui tem uma foto que dá para ver bem o make: abusei da sombra escura no olho, blush e batom vermelho.

Festival pede conforto, então busquei usar roupas confortáveis, um coturno que eu já estou super acostumada e colocar meu estilo no look.
Esse festival foi incrível em muitos sentidos, aconteceram muitas coisas, muitas reviravoltas e emoção ao som das melhores trilhas possíveis. Acredito que será memorável para sempre em muitos sentidos!
Pretendo voltar a postar mais aqui no blog e reformular algumas coisas. Os posts seguirão a mesma linha, mas deverá haver mais rock, sem perder o glamour claro! Beijo, beijo

Festival de metal: Metal Land !!! \,,/

IMG_20151103_181924

Este post sai vinte e um dias depois do melhor festival que fui na vida: Metal Land! O festival aconteceu de 30 de outubro a 2 de novembro em Altinópolis no interior de São Paulo. Não estou ganhando nada pelo post: aliás fica a dica para a organização me dar pelo menos cerveja no próximo evento 🙂 Tudo começou em agosto quando em outro festival maravilhoso, no Odin´s Krieger Festival, começaram os rumores sobre um tal de Metal Land em Altinópolis, cidade essa conhecida pelo Forró da Lua Cheia, no qual ainda não fui justamente por ter forró no nome hehehe. Enfim joguei a ideia no meu grupo de bff de Birigui – o Grind (não perguntem o porquê do nome, mas tem a ver com festivais muito roots que frequentamos uahauha) e todo mundo menos a Nat (perdeu guria!) topou ir. E lá fomos nós e eu meio que me sentindo mãe de quatro. Não tenho filhos mas já sei como é uahuahua.

IMG-20151102-WA0011

Entrada da Fazenda Vale das Grutas: a confirmação de que seria um final de semana em grande sintonia com o cosmos!


IMG_20151103_173139

Havia muitas restrições de entrada de alimentos e bebidas e no final foi bastante tranquilo. Achei os seguranças mucho locos, mas foram muito de boas.

DSC06341

Havia diferentes opção de estadia: ficar em chalé, dormitórios ou mesmo em hotéis da cidade como um amigo do RJ optou (salve, salve Paulo Imago Mortis!), mas como todo biriguiense é muito roots (acá mão de vaca e pessoas humildes que somos rsrs), optamos pelo camping para, né, ter um contato maior com a natureza e nos sentirmos no Wacken ou mesmo em Woodstock! Se bem que agora quando eu for no Wacken eu vou ter como referência a Metal Land e com muito orgulho!

SAM_0555

Aqui uma foto do domingo, já com desfalque de uma barraca. O que rolou foi o seguinte, estávamos em um grupo de cinco pessoas, eu com minha barraca, outros dois em uma barraca gigante e outro em uma barraca menor. Fomos em dois carros e um amigo já tinnha ido com a ideia de que iria dormir no próprio carro independente de qualquer coisa. Só que choveu no sábado e muitooo (e no domingo também), e super alagou as barracas. A minha, por sorte, choveu muito pouco, deu para estancar com minhas roupas do primeiro dia (é muito desapego, mas né eu tava a fim de manter minha privacidade e também estava muito quebrada para procurar outro lugar para capotar após pular mais que na época do pogobol.

SAM_0554

Nossos vizinhos de frente. Somos caipiras e tímidos, gostaríamos de ter feito mais amizades, mas né, bate a timidez hehehe. Aôo Birigui! De verdade eu esperei muito por este festival. Tinha expectativas absurdas em relação ao meu primeiro acampamento metal! E foi tudo muito melhor do que eu imaginava. Já acampei muito. Em Fórum Social Mundial, em sítio, na Colômbia e etc. Mas de longe a estrutura da Fazenda Vale das Grutas foi a melhor. O banheiro… é sempre uma grande preocupação, e ele era bem limpo e suficiente para o número de mulheres presentes: tinha um espelho enorme, tomadas (super dava para secar o picumã e fazer chapinha), e também não faltou papel em nehum momento. Repetindo melhor estrutura de camping ever e acredito que aguentaria até três vezes mais tranquilamente o número de meninas, além disso não aguentaria (acho).

IMG-20151102-WA0012

Olhem essa vista?! Lindo lugar, para um festival lindo! E tinha piscina, caverna e trilhas!

Bom, mas, vamos para o show? Tira o pinu da sua granada e vem comigo!  (Entendedores, entenderão).


IMG-20151102-WA0016

Palco Dimebag, onde conheci bandas ótimas!

DSC06340

Chegamos no sábado, o que nos fez perder a sexta, mas não tinha jeito devido né.. ao trabalho. Tinha muita curiosidade em ver o Uganga no palco, ficará para uma próxima. A primeira banda que vi foi o Nekrost, banda manauara muito boa. E cara, como tem headbanger na Amazônia. Fui para lá em 2013 e conheci muita gente massa e a galera é survivor porque com aquele calor, enfim. Presença de palco forte e sonzera na cabeça. Bandas muito boas mesmo e uma que me chamou a atenção no palco Dimebag no primeiro dia foi a Armahda, banda paulistana que faz parte do Levante do Metal Nativo, comprei o cd, virei fã e já até decorei Paiol em Chamas e a balada Uiara.
Já no palco Dio: Vitor Rodrigues (ex-Torture Squad) detonou nos vocais da Voodoopriest,  uma das bandas expoentes do Levante do Metal Nativo, movimento que veio para ficar. Claustrofobia mandou para caramba tirando o pinu de umas 1000 granadas enquanto já chovia e de fato Claustrofobia é peste, daquelas das boas (só não precisa cuspir no chão viu gente!) . E aí finalmente a banda mais esperada pelos biriguienses: o Krisiun! Manowwww, Max Kolesne é uma metralhadora humana, impressionante ver ao vivo. É que tipo eu e meus amigos tínhamos já viajado uma vez por horas de estrada horrível na chuva para tentar ver o Krisiun em Presidente Prudente e taram.. cancelaram o show.. e eu pessoalmente uma vez tinha ganhado ingresso para assistir um show em sampa e também não consegui ir, então de verdade achei que nessa vida jamais ia conseguir ver eles ao vivo rsrs! Bela história né? Voltando…, a noite encerraria com Sepultura, que infelizmente não vi por estar morrendo de cansaço e por já ter visto outras vezes, não tinha condições de assistir… na boa (tinha dormido zero horas de sexta para sábado, dirigido e pego estrada por horas – foram quase cinco horas até Altinópolis). E na boa, Sepultura sem Cavaleras não é Sepultura.

DSC06339

No meu segundo dia, e na verdade terceiro de Festival, a animação folk do Tuatha de Danann abriu os trabalhos do dia com duas horas de atraso no palco Dio. Ouvi dizer que o atraso se deu além de por problemas técnicos, frescuras da banda Matanza (que não escuto e não vi).  No show do Tuatha músicas clássicas e novas embalaram rodas insanas em meio à chuva e lama. Dancei que nem criança com uma das grandes bandas da minha adolescência. Pós Tuatha, veio nada menos que o Soulspell Metal Opera, guerreiros de diferentes cidades do interior paulista que mostram que é possível alinhar diferentes talentos e manter uma orquestra metálica coesa por mais de anos. Salve, salve amigos de Bauru!

Um dos show mais esperados do domingo foi Tim Rippers: simpatia e também o esteorotipo do yankee rsrs, ele subiu no palco de boné do Monster. Cantou clássicos e embalou a galera: coisa linda de se ver!

Já no palco Dimebag, o KroW, grupo do triângulo mineiro (valeu Rocketinroad 🙂 ), chamou a atenção de quem não os conhecia. Death Metal poderoso e preciso. Mas, na minha opinião, quem detonaria o palco nesse dia, seria mesmo o Executer celebrando 30 anos de carreira. Caraaaa!!! Sem palavras.

12189950_893884530666876_3008980548764331992_n

Eu com os amigos Fernando (Birigui) e Soninha (Bauru). A música tem o poder de unir as pessoas!

De volta para o palco Dio, eis que vejo pela terceira vez na vida, uma das vozes mais poderosas do Brasil: André Matos. O Angra me embalou muitas vezes e por muito tempo desde os meus doze anos de idade (quando um coleguinha da sétima série me emprestou o Angels Cry e o The Number of The Beast – outra história). E na boa, só ele canta Carry on na versão original minha gente. E ele cantou, e cantou Angels Cry e Make Believe e Time e muitas outras, e também cantou Shaman, Shaaman e sei lá quantos As ficou no final, Fairy Tale, For Tomorrow.

A única que de fato faltou para fazer todo mundo cair em êxtase foi a Living For The Night do Viper. Mas todo mundo que sobreviveu até quatro da manhã saiu de lá rindo arco-iris enquanto os trabalhos continuaram para os guerreiros do Dimebag.

IMG-20151102-WA0024

 Resumo da Metal Land:

Estrutura: tinha piscina, chalé, breja até que barata para um acampamento fechado: custava cincão. Comida tinha até vegana (amei a esfiha!).

O Vale das Grutas é uma visão deslumbrante. Achei aconchegante, mas também achei que teve baixa adesão. A estrutura foi ótima e aguentaria até no máximo o dobro de pessoas.

Paguei R$200 no ingresso, o que achei um preço digno por tudo o que rolou, mas todo mundo ficou meio bravo ao ver que teve gente vendendo por cento e cinquenta antes do festival.

IMG-20151102-WA0006

Capa de chuva: item obrigatório para festivais. E momento ecológico: reutilizaram as pulseirinhas sobrantes do Forró da Lua Cheia ¬¬.

IMG_20151102_231054

Eu já arrumando minhas malas para o próximo rsrs! Resumindo do resumo: foi lindo! Para melhorar: troquem o Matanza pelo Korzus na próxima e tragam o Angra também :P, beijos metálicos. \,,/

Melhores atrações para se ir na Disney

10398314_1219679657914_6171289_n
Hey meninas, em 2009 eu tive a oportunidade de ter alguns dos melhores meses da vida na terra mágica do Mickey e como vira e mexe alguém vem me perguntar sobre o que fazer na Walt Disney World, eu resolvi fazer um ranking das cinco melhores atrações para se ir na Disney em Orlando.

Lógico que está de acordo coma minha experiência pessoal e o meu grande conselho é ficar de olho nas programações, pesquisar muito antes na internet, porque sabemos que o tempo lá é precioso, então faça valer a pena!

10398314_1234385145542_5013335_n

Have a magical day! ºoº

Trilha da Pedra Bonita

rio1

Recentemente tive a oportunidade de voltar à cidade mais maravilhosa deste país – Rio de Janeiro – claro! E resolvi ao invés de focar na badalada vida noturna carioca, preferi apostar nas atrações naturais que tornam essa cidade maravilhosa e nisso optei para subir a trilha da Pedra Bonita!

rio2
A Pedra Bonita é um dos mirantes naturais mais belos do Rio, sua trilha exige esforço físico leve e no cume pode-se desfrutar de uma das vistas mais espetaculares da cidade. Tipo olha essa foto!

rio5

Não consigo nem esconder a alegria rsrsr!

rio6
Para ter essa vista brilhante, eu subi com o Vinícius Viegas e a Gi Maluket, do Nattrip Turismo. Já conhecia o Vi de outra aventura, em Paraty: o cara manja muito de natureza, primeiros socorros, resgate e história dos locais.

rio7

Selfie para desbravadores!

rio8

Vi e Gi: meus guias de emoção!

rio9

Aqui eu contemplativa observando a Pedra da Gávea:

os-trapalhoes-na-terra-dos-monstros-trilha-sonora-1989-1

Entendedores entenderão, se não, recomendo ver o filme rsrs!
rio10
A Pedra Bonita possui 693m de altitude e está localizada no setor C do Parque Nacional da Tijuca.

rio11

O cenário no topo da Pedra Bonita é lindo: a Pedra da Gávea com toda sua imponência se revela entre as praias da Barra da Tijuca e São Conrado, com a imensidão da Floresta da Tijuca compondo nosso redor.

rio12

Muita gente sobe para fazer caminhada e esporte de aventura. Tirei essa selfie do Vi fazendo fotos da turma lá em cima.

rio13

Fui em um dia que estava nublado, mas tive a sorte de ser abençoada e ver o céu azul lá de cima!

rio15

rio16

Vi e Gi no local onde a galera pula de parapente ou asa-delta. Por sua localização privilegiada, a região da Pedra Bonita também conta com a única rampa de decolagens de vôo livre na cidade do Rio de Janeiro.  A rampa de vôo livre possui uma arquibancada para que possamos assistir às decolagens, é de lá que o pessoal do Nattrip costuma sair.

RIO18

Floresta da Tijuca! O Rio é a cidade com maior area florestal do planeta!

RIO19

Gratidão pela vida!

RIO20

Nattrip Ecoturismo e Aventura
Rua Jorge Rudge 67A/203, Vila Isabel, RJ- RJ 20550-220
E-mail: contato@nattrip.com.br

Telefone: +55 21 3264-0182

Informação: Whatsapp: +55 21 9-6931-8893


Meu vídeo de viagem!


A subida demorou entre 30 e 40 minutos e tive a oportunidade de avistar macaco e diferentes pássaros. Recomendo levar água e ter tomado um café da manhã reforçado. Roupas confortáveis e tênis com solado bom! Vá e seja feliz! Bjo, bjo!

Estilo: Meytal Cohen

Meytal+Cohen

No estilo desta semana, looks que inspiram,  apresentamos a Meytal Cohen, tida como diva mór das baquetas na atualidade.

1980058_10152858193889569_6339399935511395415_o

Essa isralense tem um sorriso gigante e cativante. Magrinha e super delicada, a Meytal destrói tocando heavy metal na bateria!

meytal-cohen_506303

Gente como a gente, me identifico em sair de jeans e chinelo rsrsr!

meytal_cohen
A Meytal tem 31 anos e toca desde os 18 anos. Seu look é bem girly com roupas básicas e ao mesmo tempo sensuais, já que usa tudo bem colado no corpo.

17
Ela abusa de jeans com regata ou corpetes.

meytalcohen

O fato é que ela toca demais, e está bombando há alguns anos no yotube fazendo covers de metal na bateria e agora tem sua própria banda:

A Meytal conquistou seu espaço com talento e simpatia e mostrou que as mulheres estão no metal sim e não é para brincadeira e nem como decoração, e sim para serem respeitadas como musicistas.

28305_464714384568_571165_n

Tipos para apertar X no Tinder

Antes de mais nada, quero deixar claro que este é um blog de entretenimento e por ser um blog representa unicamente a opinião pessoal de quem escreve. Aliás tem que escrever porque humor no Brasil é algo difícil, afinal todo mundo tem razão e é especialista mimimi sobre tudo, mas, tirando tudo isso, como gosto é algo muito pessoal, de repente na solteirice, descobri o aplicativo Tinder, que aliás é fenomenal para ser usado no RJ e um fracasso em Bauru rsrsrs, porque né, gosto é algo de fato muito individual e ao meu ver, tem tipos que nunca ganhariam um coração (e relaxa amores, sei que é recíproco) devido a primeira foto:

1- Coxinha paulistano

danilo-gentili-caras1

Antes de mais nada, não sou PT e nem PSDB porque considero os dois a mesma farinha imunda. Mas o tipo coxinha paulistano não: ele acredita piamente que o PT é socialista (hahahahahaha) e que o PSDB é honesto (hahahahaha 2) pode vir acompanhado de um Aecio 45 na fotinho. Muitas fotos ostentação, um engajamento de garagem e muita pose de que apesar da crise tá curtindo a vida adoidado em lugares super uhuu como um restaurante japa (sempre posta foto de barca cheia de sushi) ou de um carro zero. Enfadonhos, com cabelinho cortadinho certo e possivelmente de lado. Se tiver foto de camiseta tem que ser grifada, e ele ainda pagou para fazer propaganda grátis para a marca. Danilos Gentilis? Nunca!!! XIIIIIIIISSSSS!

2- Parece legal, mas tem namorada

6fc4dbc8a8e7fc59cccdbce8ae864366
Um dos piores, bota aquele texto gigante (aliás nunca, jamais, dê like nos tipos de textos gigantes!) e no final, diz que tem namorada, mas que mimimi tá meio sozinho, quer fazer amizade… (mano, vai fazer trabalho voluntário, frequentar igreja sei lá…) ou quer uma aventura (fdp total detected).

3- Caras que adoram um animal dopado

o-LUJAN-ZOO-facebook
Visitaram a Argentina e foram para Lujan e acharam o máximo tirar foto com animais selvagens completamente dopados e escravizados pelos humanos. Cara, você não parece o Indiana Jones ao lado de um leão dopado e sim um coxinha! E passou da hora do PNUMA fazer algo pela vida silvestre presente em Lujan. Acudam.

4- Barba… muita barba, ew!

Barba-grande-estilo-2
Desde que virou tendência ser Lumbersexual (nada contra, amo um lenhador), muitos caras, tipo muitos começaram a deixar a barba crescer, e crescer muito. Seguinte a barba é sua você deixa crescer o quanto quiser, e eu até amo homem com barba por fazer, mas barba gigante é nojento, mesmo (já tive um ex que tinha uma barba enorme, nojento para caramba, o lance fica raspando no seu corpo na hora do beijo e etc…, aff!) Ok, são pelos, liberdade de pelos, mas como o post é meu, eu não gosto e ponto. Barba sim, mas respeitando o limite da higiene, nem na época medieval a galera usava deste tamanho. Xizinho!

5- Cara do menage

download (1)

Cara ultra mega liberal (só que não) que posta foto de casal, procurando uma mulher em busca de menage. Já deu para sacar tudo: o cara faz o que quer nesse relacionamento e a mulher se sujeita isso por falta de auto estima ou medo de perder esse sujeitinho, porque né? Ele que vai escolher, tá no nome dele o lance e tadam é outra mulher que estão buscando para satisfazer esse macho alfa normalmente feio e chato. XIS MASTER! Tinder tem limites!

6- O cara do abdômen
4908-ficar-com-corpo-sarado
Embora a maior parte das minhas amigas que estão no Tinder curtam este tipo, eu acho terrível… é tipo algum trauma de infância com o corpo que o cara insiste em trazer a tona. Curtimos sim caras sarados e gostosos, mas tipo primeira foto de abdômen? Não tem nada a oferecer além disso e na maior parte das vezes ainda esqueceu de malhar a perna. Não!!!

7- O cara do jaleco

jaleco-curto-medico-dentista-masculino

Estudantes de medicina e médicos: vocês podem sim manter sua profissão e estar no Tinder sem a p*** do jaleco!!! Tira uma foto sem isso! Pelo menos eu faço questão de jaleco na hora de uma doença, acidente, caso de vida ou morte, agora na hora da paquera, a última coisa que eu quero é lembrar dos últimos dias de vida da minha avó no hospital ou ainda daquela bactéria terrível que peguei na comida! Com o jaleco vocês só irão atrair mulherada com doença ou que acham que você é rico e tem interesses monetários em você. Cara de jaleco, é que nem o cara do abdômen, não tem nada a oferecer além de um título…e pior que nem dá para saber se o médico é bom mesmo. Tem aqueles que postam foto de cirurgia, falta de ética total com o paciente. Xis!

Bom meninas, é isso! Espero que interpretem com bom humor e fica a dica, porque é uma brincadeira, mas, né? Já que a ideia é atrair a atenção do outro, com certeza eu fugiria dos tipos acima! Bjo, bjo!

Melhores vestidos do Emmy 2015

Oi oi oi meninas, tudo bom? Resolvi selecionar os vestido que  achei mais legais do Emmy, premiação para os melhores da tv nos Estados Unidos, de ontem:

hbz-emmys-laura-prepon
A Laura Prepon! Quem curtia The 70´show lembra dela e daquele ruivo maravilhoso que ela tinha no cabelo, agora arras no Orange is The New Black (confesso que nunca vi, mas muita gente ama). Bom, ela arrasou com de longe o melhor vestido da premiação: Christian Seriano (nunca ouvi falar, mas muito bom gosto!)

hbz-emmys-amanda-peet
Acho ela diva deste do Joack & Jill. E arrasou num preto nada óbvio Michael Kors. Diva!

gallery-1442787338-hbz-emmys-sarah-hyland
Já a Sarah Highland arrasou de Zac Posen. Top 2 da night!

gallery-1442791710-hbz-emmys-julie-bowen
Julie Bowen com um dos meus preferidos: um Georges Chakra Couture.

hbz-emmys-sarah-paulson
Outra bruxa querida: Sarah Paulson de Prabal Gurung (como podem notar sou órfã da temporada Coven do American Horror Story).

hbz-emmys-taraji-p-henson
Taraji Henson de Alexander Wang esvoaçante.

hbz-emmys-jessica-lange
Nossa bruxa preferida, Jessica Lange de J. Mendel

gallery-1442793569-hbz-emmys-sofia-vergara-1
A Sofia Vergara (foda-se qualquer Kardashian, nunca serão tão divosas quanto Vergarona!) de seria St. John.

hbz-emmys-lady-gaga
Lady Gaga que mostrou que sim é elegantésima com um preto gótico de Brandon Maxwell.

gallery-1442794109-hbz-emmys-morena-baccarin

Por último a brasuca como a gente, Morena Baccarin arrasou com esse vermelho baphônico!

Isso aí meninas, escolhi estes vestidos porque na minha opinião foram os mais bonitos mesmo, embora eu desconheça mais da metade das marcas! Bjo, bjo